Recenseamento

Pensamentos

"Porque há lugares, meu Deus, que têm de ser mantidos.

E é preciso que tudo isto continue,

Quando já não for como agora,

Mas melhor.

É preciso que a vida do campo continue.

E a vinha e o trigo e a ceifa e a vindima."

(Charles Péguy)

Porta 65

Portal Do Cidadão

PDF 

Moinho de vento em pleno funcionamento, na Relva, Monteiras.

(Noticia publicada no Jornal de Noticias de Castro Daire)

No passado dia 10 de Outubro na Relva, foi Inaugurado a restauração do Moinho de Vento, situado no ponto mais alta da povoação da Relva.

Estiveram presentes o Senhor, Luís Lemos, Vice Presidente da Câmara Municipal de Castro Daire, o senhor Presidente da Freguesia de Monteiras, Américo Silva, o senhor Adelino Pereira, natural da Relva e residente em Viseu, a convite do senhor, José Esteves da Silva, (proprietário do Moinho) e a sua esposa, Dona Lourentina, seus três filhos que se deslocaram dos Estados Unidos, exclusivamente para a realização de um sonho de crianças.

Ali presentes com as lágrimas no rosto, demonstravam bem o seu sentimento de satisfação pela obra que o seu progenitor sempre falava. Estiveram ainda presentes todas as Associações da Freguesia das Monteiras, alguns Presidentes de Junta, comunidade local e muitos forasteiros, que tiveram a curiosidade de ver o Moinho e a família do senhor José. Alguns até se deslocaram de Lisboa, para se juntar á festa que também era sua.

No Lugar do Moinho de Vento, ás quatro horas da tarde do dia 10 de Outubro, juntou-se neste Lugar do Moinho de Vento, cerca de duas centenas de pessoas, assistirem à inauguração da recuperação do monumento  dos mais importantes, para a Aldeia da Relva. O Rancho da Relva, fez uma pequena animação com dois números bem tradicionais da nossa Região. Seguiu-se a intervenção do proprietário do Moinho, o Senhor José Esteves da Silva, que muito emocionadamente, relatou o sentimento fantástico de ver o Moinho a funcionar, depois de aproximadamente quarenta anos inactivo.

Agradeceu ao Presidente da Junta todo o apoio que lhe foi dado, assim como ao Senhor Luís Lemos, vice Presidente da Câmara Municipal de Castro Daire e todos os presentes.

Segui-se a intervenção muito animada do senhor, Adelino Pereira, o qual explicou aos presentes, duma forma correcta e bem humorado o que sabia e recordava do Moinho, a sua importância e o seu mecanismo de funcionamento.

Falou também o senhor Presidenta da Junta de Monteiras, Américo Silva, na sua intervenção, agradeceu em nome da Freguesia de Monteiras e da população da Relva, ao Senhor José Esteves pela grande iniciativa. Nas palavras do Presidente da Junta, o Moinho será com certeza uma mais valia para a Freguesia. Dirigiu ainda palavaras de agradecimento á família proprietário do Moinho, esposa e filhos ali presente, pois sem o apoio destes não seria possível a realização desta importante obra.

Finalizou, solicitando ao senhor Luís Lemos, cooperação do executivo Camarário para colaborar com a Junta, no sentido da realização de obras de requalificação do espaço envolvente ao Moinho. Por ultimo teve a palavra o senhor, Vice Presidente da Câmara Municipal de Castro Daire, o qual elogiou o senhor José, pela iniciativa, disse ainda, que este é o único Moinho que tem conhecimento em pleno estado de funcionamento no nosso distrito e que irá coloca-lo á disposição na página de promoção Turística da Câmara Municipal.

Em relação às palavras do Presidente da Junta, o senhor Luís Lemos, disse que Câmara irá em colaboração com a Junta de Freguesia, realizar obras de requalificação do espaço envolvente ao Moinho de Vento, para que este fique ainda mais agradável.

De seguida o senhor José entregou ao senhor, Américo Silva, Presidente da Junta de Freguesia de Monteiras, a chave do Moinho, como símbolo de partilha no que diz respeito a visitas sempre que for necessário, por parte dos interessados.

Após a cerimónia e a visita muito concorrida ao interior do Moinho, foi oferecido pela Junta de Freguesia de Monteiras, o lanche na Sede da Associação Desportiva Cultural e Recreativa Relvense, para todos os presentes.

O Moinho foi construído pelo senhor, Joaquim da Silva, o qual faleceu a alguns anos, entretanto passou para a posse de José Esteves da Silva, filho, imigrante nos Estados Unidos da América, acabou por realizar um sonho de família, que também era o seu, investindo alguns milhares de euros, no Moinho que hoje encanta quem passa na Relva. Em outros tempos era uma forma económica de transformar grão em farinha para tanta família.

(Senhor José Esteves ao centro , com toda a família presente na inauguração)

Parabéns José Esteves da Silva, pela iniciativa e bons ventos para o Moinho para que o senhor moleiro, José Mário Esteves Miguel, possa ver a Mó girar como antigamente, fabricando o pão de cada dia.

 
RocketTheme Joomla Templates